domingo, 16 de julho de 2017


Estudo Bíblico - Êxodo 37


Fez também Bezalel a arca de madeira de acácia; o seu comprimento era de dois côvados e meio; e a sua largura de um côvado e meio; e a sua altura de um côvado e meio.
E cobriu-a de ouro puro por dentro e por fora; e fez-lhe uma coroa de ouro ao redor;
E fundiu-lhe quatro argolas de ouro nos seus quatro cantos; num lado duas, e no outro lado duas argolas;
E fez varais de madeira de acácia, e os cobriu de ouro;
E pôs os varais pelas argolas aos lados da arca, para se levar a arca.
Fez também o propiciatório de ouro puro; o seu comprimento era de dois côvados e meio, e a sua largura de um côvado e meio.
Fez também dois querubins de ouro; de obra batida os fez, nas duas extremidades do propiciatório.
Um querubim na extremidade de um lado, e o outro na outra extremidade do outro lado; de uma só peça com o propiciatório fez os querubins nas duas extremidades dele.
E os querubins estendiam as asas por cima, cobrindo com elas o propiciatório; e os seus rostos estavam defronte um do outro; os rostos dos querubins estavam virados para o propiciatório.
Fez também a mesa de madeira de acácia; o seu comprimento era de dois côvados, e a sua largura de um côvado, e a sua altura de um côvado e meio.
E cobriu-a de ouro puro, e fez-lhe uma coroa de ouro ao redor.
Fez-lhe também, ao redor, uma moldura da largura da mão; e fez uma coroa de ouro ao redor da moldura.
Fundiu-lhe também quatro argolas de ouro; e pôs as argolas nos quatro cantos que estavam em seus quatro pés.
Defronte da moldura estavam as argolas para os lugares dos varais, para se levar a mesa.
Fez também os varais de madeira de acácia, e os cobriu de ouro, para se levar a mesa.
E fez de ouro puro os utensílios que haviam de estar sobre a mesa, os seus pratos e as suas colheres, e as suas tigelas e as suas taças em que se haviam de oferecer libações.
Fez também o candelabro de ouro puro; de obra batida fez este candelabro; o seu pedestal, e as suas hastes, os seus copos, as suas maçãs, e as suas flores, formavam com ele uma só peça.
Seis hastes saíam dos seus lados; três hastes do candelabro, de um lado dele, e três do outro lado.
Numa haste estavam três copos do feitio de amêndoas, um botão e uma flor; e na outra haste três copos do feitio de amêndoas, um botão e uma flor; assim eram as seis hastes que saíam do candelabro.
Mas no mesmo candelabro havia quatro copos do feitio de amêndoas com os seus botões e com as suas flores.
E havia um botão debaixo de duas hastes da mesma peça; e outro botão debaixo de duas hastes da mesma peça; e mais um botão debaixo de duas hastes da mesma peça; assim se fez para as seis hastes, que saíam dele.
Os seus botões e as suas hastes eram da mesma peça; tudo era uma obra batida de ouro puro.
E fez-lhe, de ouro puro, sete lâmpadas com os seus espevitadores e os seus apagadores;
De um talento de ouro puro fez o candelabro e todos os seus utensílios.
E fez o altar do incenso de madeira de acácia; de um côvado era o seu comprimento, e de um côvado a sua largura, era quadrado; e de dois côvados a sua altura; dele mesmo eram feitas as suas pontas.
E cobriu-o de ouro puro, a parte superior e as suas paredes ao redor, e as suas pontas; e fez-lhe uma coroa de ouro ao redor.
Fez-lhe também duas argolas de ouro debaixo da sua coroa, e os seus dois cantos, de ambos os seus lados, para neles se colocar os varais, e com eles levá-lo.
E os varais fez de madeira de acácia, e os cobriu de ouro.
Também fez o azeite santo da unção, e o incenso aromático, puro, qual obra do perfumista.
Êxodo 37:1-29

Neste capítulo teremos como única novidade a construção detalhada da Arca da Aliança bem como a instrução de se por o testemunho e o propiciatório encerrando-os em seguida.
A Arca da Aliança, é definida pela própria Bíblia como o objeto, o recipiente onde foram depositadas as tábuas contendo os dez mandamentos, um pote com Maná e o Cajado de Arão que floresceu.
Sendo também veículo usado por Deus para comunicar-se com o povo.
Moisés recebeu diretamente de Deus a instrução de como a mesma deveria ser construída e o mesmo repassou de forma rigorosamente fiel aos responsáveis por sua construção - no caso aqui: Bezalel filho de Ur.
A Arca da Aliança fora construída em forma de caixa com tampa, toda trabalhada em madeira de acácia com dois côvados e meio de comprimento equivalente a um metro e onze por um côvado e meio de largura e altura o equivalente 66 centímetros.
Sendo externamente toda banhada em ouro maciço.
Para que a mesma pudesse ser transportada lhe foram acrescida quatro argolas de ouro em cada canto.
Em sua tampa ou propiciatório como queiram foram esculpidos dois querubins um em frente ao outro.
Antes do advento da encarnação do Messias em nosso meio, a Arca era de fundamental importância uma vez que representava o próprio Deus no meio do povo.
Depois da vinda de Cristo a Arca da Aliança perdeu sua função. Tornou-se desnecessária uma vez que o próprio Deus agora humano habitava no meio do povo e mais seria entregue em sacrifício, sacrifício vivo de sangue para a remissão dos pecados.
Tanto que o próprio Deus no livro de Jeremias ainda no antigo testamento muito antes da vinda do Messias e que veremos mais adiante em estudo disse:"E sucederá que, quando vos multiplicardes e frutificardes na terra, naqueles dias, diz o Senhor, nunca mais se dirá: A arca da aliança do Senhor, nem lhes virá ao coração; nem dela se lembrarão, nem a visitarão; nem se fará outra.
Naquele tempo chamarão a Jerusalém o trono do Senhor, e todas as nações se ajuntarão a ela, em nome do Senhor, em Jerusalém; e nunca mais andarão segundo o propósito do seu coração maligno.
Jeremias 3:16,17"
Ela foi feita próprio Deus sim é verdade, mas para a antiga aliança, quando o véu que separava toda a humanidade do próprio Deus ainda se fazia presente.
A vinda de Cristo veio com dois propósitos: O de rasgar o véu que separava a humanidade de Deus, onde somente poucos lhe tinham acesso. Véu rasgado, a Arca tornou-se obsoleta. E o segundo propósito foi o de resgatar a humanidade em um sacrifício perfeito uma vez que até esse momento não existiam sacrifícios perfeitos propriamente dito.
Toda a prática entrelaçada com o antigo testamento para a antiga aliança. 
E Cristo com sua vinda, sua vivência em nosso meio, seu sacrifício de sangue e sua ressurreição veio anular totalmente a antiga aliança.
Não era nem mais para a Arca da Aliança existir nos dias atuais.
Estamos no julgo da graça não mais da lei.
Veja novamente o que não eu Cristina, mas o próprio Deus diz: "E sucederá que, quando vos multiplicardes e frutificardes na terra, naqueles dias, diz o Senhor, nunca mais se dirá: A arca da aliança do Senhor, nem lhes virá ao coração; nem dela se lembrarão, nem a visitarão; nem se fará outra."
Porque será? Será que Deus enlouqueceu ou algo parecido?
Claro que não meu irmão e minha irmã em Cristo! A resposta é muito simples, clara e objetiva: a maior das restaurações que o povo precisava, era a espiritual, o que acarretaria bênçãos materiais ao povo, mas o foco original era o espiritual. 
Ter réplicas da Arca em casa, fazer rituais de entronização da Arca tornou-se não apenas algo obsoleto, desnecessário como perante Deus é sabe o que? Desobediência!
Pois significaria, significa que Cristo e seu sacrifício não foram, não são suficiente para a nossa salvação.
Ele é o atual elo entre Deus e os homens.
Ele é nada mais nada menos que próprio Deus encarnado.
Cristo é o único caminho, única verdade e única fonte de salvação.
Se você tem alguma réplica em casa desfaça-se dela imediatamente. Saia da desobediência.
Você não precisa dela, você precisa de Cristo!
Cristo sim pode te salvar, Cristo sim pode restaurar tua vida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário